Música: Morre produtor e compositor musical Arnaldo Saccomani, aos 71 anos

Produtor musical, multi-instrumentista e compositor brasileiro, Arnaldo Saccomani morreu na madrugada desta quinta-feira (27) no município de Indaiatuba, no interior de São Paulo. Segundo a família, ele sofria de insuficiência renal e diabetes, e começou a fazer hemodiálise em julho de 2019.

Desde o início de sua carreira, na década de 1960, produziu discos de Tim Maia, Rita Lee, Ronnie Von, Fábio Júnior, Mara Maravilha e das Chiquititas Brasil. Também produziu na Espanha um disco do cantor mexicano Luis Miguel.

Também atuou em rádios, tendo dirigido a Antena 1 FM de São Paulo e a Jovem Pan II, lançando muitos radialistas de sucesso, como Antonio Viviani e Eduardo Thadeu.

Na década de 1990, foi um dos produtores responsáveis por lançar os grupos de pagode romântico que dominaram a cena musical. Em 1992, ele produziu o álbum auto-intitulado de Dominó e coescreveu duas canções, “Me Liga” e o single “Sem Compromisso”. Em 1995, estabeleceu o contrato do grupo Mamonas Assassinas com a gravadora que os lançou. Alguns anos depois, lançou o Grupo Carrapicho e foi o responsável por trazer Tiririca para assinar seu primeiro contrato com uma gravadora em São Paulo.

 

Por equipe OxenteNews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *